Por que você deveria escolher Portugal?

Como post de estréia, eu não gostaria de apenas explicar o porquê de eu ter escolhido Portugal como destino do meu restart pessoal, mas também te ajudar a pensar:

21439698_717075435145026_1031571648_o

Porto – Estação São bento

Por que não Portugal?

Grande parte dos brasileiros, quando pensa em deixar o seu país de origem, tende por roteiros bem atrativos aos olhos, ainda que nem tanto ao bolso, tais como Canadá e Estados Unidos, ou mesmo Alemanha, dada a grande facilidade que o país fornece com programas de âmbito internacional.

E eu entendo, sabe? Não digo que sejam roteiros ruins, até porque as pessoas tem motivações diferentes, sonhos diferentes e quadros de vida diferentes. Você pode estar indo por conta de uma oportunidade de emprego, talvez de uma questão familiar, um sonho de infância ou até por amor, TUDO BEM!

Mas vamos supor que você esteja numa situação em que está cansado do Brasil e apenas o seu foco é recomeçar, é isso. Você não sabe nem como o fará, apenas quer partir, uma vez que quem muito desejar ir, está também procurando algo.

Por que não Portugal? Só aqui já te dou dez motivos. 

1 – O estilo de vida em que se leva em Portugal é muito barato se comparado ao Brasil, aqui as pessoas pagam muito menos pela maioria dos serviços e produtos. Vou ilustrar meu exemplo favorito: um brasileiro com quinhentos reais vai a um restaurante no Brasil e gasta cerca de vinte a trinta reais para ter um almoço decente, enquanto que um português vai a um restaurante em Portugal e gasta cerca de três a sete euros para ter um almoço decente, no fim dessa refeição, quem terá tido menos custos? Claro que os valores variam muito dependendo das situações, não quero generalizar, mas não posso negar que acho a divergência enorme ao passo que conheço mais e mais lugares por aqui.

2 – A população está envelhecida. O que isso quer dizer? Basicamente, a maioria dos jovens portugueses migra para os países vizinhos conforme se formam, então a maior parte que reside em Portugal são os idosos, especialmente depois que as altas estações terminam. E por que isso é bom? Porque a taxa de contratos para estrangeiros acaba sendo muito grande e por consequência disso, aqui acaba sendo muito fácil para se conseguir um emprego.

3 – Segurança. A questão da segurança pesa muito, não direi que é cem por cento seguro, pois o mundo é enorme e em todo lugar se encontra pessoas boas e ruins, mas nunca me senti tão segura no Brasil quanto me sinto aqui.

4 – Comer bem? Portugal. Uma vez me disseram que se você quisesse cultura que fosse até a Itália, mas se quisesse comer bem, escolhesse Portugal. E realmente, a comida portuguesa é sensacional, sinto falta de algumas coisas da brasileira e elas nunca serão dispensáveis para mim, contudo, AMÉM culinária portuguesa e seus pastéis, francesinhas, vinhos e lasanhas de bacalhau.

5 – Programas de estudo. O número de universidades portuguesas vinculadas a convênios de intercâmbio com universidades brasileiras é superior a dez, além de existir o programa fornecido pelo Santander, ainda há o ENEM. Muitas das universidades de Portugal aceitam a nota do ENEM como substituta aos exames nacionais, ou seja, entrar em uma universidade portuguesa é tão simples quanto tentar em outra no Brasil.

6 – Vive-se muito bem por aqui, considero o povo português, ainda que muito diferentes de nós brasileiros, muito gentis ao seu próprio modo.

7- Facilidade com a língua. Até porque, infelizmente, muitos brasileiros não tiveram acesso ao inglês e isto acaba se tornando empecilho para muitos quando se trata da questão de mudar para fora do país. O português de Portugal é diferente do português brasileiro em muitos aspectos, mas é possível sim ter compreensão e diálogo sem problemas até que você se habitue.

8 – Um pulinho para a Europa. Uma das coisas em que eu mais gostei é poder conhecer os países vizinhos sem gastar muito. Pode-se encontrar passagens aéreas e de ônibus a preços muito em conta por aqui. Algumas pessoas também optam em conhecer a Europa de trem, mas eu não recomendo tanto, porque acho meio caro.

9 – Países de comunidade de língua portuguesa e suas facilidades. Em Portugal, há muitas vantagens para pessoas oriundas de países que partilham o mesmo idioma, tanto no campo dos estudos, quanto da área profissional, basta pesquisar e habilitar-se a checar os estatutos (Eventualmente, explicarei melhor sobre isso em outro post).

10 – Enriquecimento cultural. Eu deixei esse por último, pois na minha concepção, acho que a oportunidade de agregar mais cultura e, melhor ainda, cultura acessível é mais importante do que qualquer viagem ou comida que você possa conhecer e o que não falta em Portugal são eventos gratuitos como exposições, concertos e festivais, vale a pena conferir.

Bem, os meus motivos para ter escolhido este país vão muito além do que eu expliquei, mas por ora, resumi um pouco do que contribuiu para que eu escolhesse a terrinha.

Deixem comentários e sugestões sobre o que mais vocês gostariam de ver por aqui ou algo que eu deixei de mencionar, espero que tenham gostado! 

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

  1. vidaemescalas disse:

    Bem vinda a Portugal. Pela nossa experiência dos 4 primeiros meses, você vai adorar como nós. 😉

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s